Manutenção e Instalação de Elevadores 

Como evitar acidentes com elevadores?

Apesar de ser considerado o meio de transporte mais seguro e confiável do mundo, o elevador não é imune a acidentes. Porém, geralmente os acidentes ocorrem quando o equipamento é utilizado de modo indevido ou manipulado por pessoas leigas.

De acordo com o site Síndico NET, os acidentes mais comuns com elevadores estão associados ao “uso da chave de abertura emergencial de portas, por pessoas leigas, e posterior não travamento da porta, além do uso inadequado do equipamento, brincadeiras dentro da cabine e resgate inadequado de passageiros”. As portas não travadas, por exemplo, são responsáveis por 50% dos acidentes com vítimas fatais, pois a pessoa não percebe que o elevador está fora do andar, abre a porta e cai no poço.

A realidade é que acidentes com elevadores podem ser evitados pelo simples CUMPRIMENTO DA LEI: todo edifício com elevadores deve contratar uma empresa certificada para realizar a manutenção regular dos equipamentos

Ao contratar uma empresa de manutenção de elevadores, do que é bom se lembrar?

  • Exija o registro na Prefeitura;
  • Desconfie de preços baixos demais;
  • Garanta no contrato de manutenção a revisão preventiva mensal e a vistoria completa anual dos elevadores;
  • Solicite, em toda inspeção, a ordem de serviço assinada;
  • Confira se os engenheiros responsáveis e a empresa contratada têm registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia);
  • Certifique-se de a empresa contratada possua um engenheiro responsável;
  • Certifique-se de que, sempre que o elevador estiver em manutenção, as chaves de energia elétrica sejam desligadas e o local em manutenção seja devidamente sinalizado, a fim de informar moradores e funcionários. Placas de sinalização devem ser colocadas na garagem e no térreo e avisos devem ser afixados nas portas dos elevadores. Isso é importante, visto que é no dia da manutenção em que acidentes costumam acontecer.

Observe o cumprimento das normas de segurança!

Observar se as normas de segurança foram cumpridas previne acidentes. Para isso, o elevador não deve:

  • Parar além de 5 cm do nível do andar;
  • Parar entre os andares ou dar trancos;
  • Andar com a porta aberta ou com a porta sem abrir;
  • Estar com fios desencapados;
  • Estar com poças de óleo no chão ou infiltrações na casa das máquinas.

Assim sendo, qualquer irregularidade envolvendo as situações acima é motivo para acionar a empresa responsável pela manutenção dos elevadores imediatamente.

Outras medidas que evitam acidentes

  • Conscientize a todos no condomínio, especialmente os pais, sobre o perigo das brincadeiras dentro dos elevadores. Elas provocam 10% dos acidentes;
  • Não permita o acesso de estranhos ou moradores na casa de máquinas ou no poço de elevador;
  • Não permita o uso da casa de máquinas como almoxarifado;
  • Mantenha a chave da casa de máquinas guardada em segurança;
  • Verifique periodicamente se a porta da casa de máquinas, que deve ficar trancada, não foi forçada;
  • Retire as chaves de abertura emergencial dos elevadores do seu condomínio das mãos dos zeladores e porteiros;
  • Garanta que, quando o elevador parar, o resgate seja feito apenas pelos técnicos da empresa de manutenção contratada ou pelos bombeiros, considerando que 30% dos acidentes se devem ao resgate inadequado de passageiros, realizado por leigos.

Texto de: http://engetax.com.br

Tecnologia do Google TradutorTradutor